Aventuras e desventuras dos professores, formadores, contratados ou a recibos-verdes que leccionam na Escola Pública, Profissionais, Colégios, IEFP's, Casa Pia, TEIP's em cursos de UFCD's, EFA's, EFJ's, CNO's, AEC's PIEF's, ...

Aceitam-se contributos: eanossaescolinha@gmail.com



sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

FALTA DE SARNA COM QUE SE COÇAR?

No seguimento da saga vamos lá complicar isto e arranjar sarna para nos coçar tropecei num procedimento de ADD para as aulas assistidas digno de registo.

Portanto, isto é o que diz o Decreto Regulamentar n.º 2/2010 que regulamenta o sistema de avaliação do desempenho do pessoal docente:E esta foi a forma que uma Comissão de Coordenação da Avaliação do Desempenho (CCAD) de uma escolinha do nosso país encontrou para operacionalizar o que vem no decreto:

Assim, de uma assentada, esta CCAD inventou:
  • Uma reunião de pré-observação da aula assistida e a respectiva acta;
  • Uma reunião de pós-observação da aula assistida e respectiva acta;
  • Uma reflexão escrita sobre a forma como a aula assistida decorreu;
  • Uma planificação de aula que inclui uma caracterização da turma a nível sócio-afectivo.
No fundo, a única coisa que não inventou foram as aulas assistidas, que estão de facto contempladas no decreto oficial.

E eu pergunto, isto é falta com que se entreter e precisar de ocupação ou é só uma forma de desincentivar o pedido de aulas assistidas?

JHJUH

3 comentários:

Anónimo disse...

Infelizmente faço parte de uma CCAD que, por enquanto, ainda não embarcou nestas loucuras. E digo por enquanto, porque a pressão de avaliados e relatores é muita para que se defina tudo o que está e não está na lei.
Quem pediu OA quer entregar muita evidência para assim mais facilmente aceder ao Exc, para eles o máximo de 4 por dimensão é muito pouco!
Estas pessoas precisam é de médico...Estão mais loucas do que a loucura emanada do ME.

OlhóTaxo disse...

É verdade. Há colegas que acham que são, no mínimo, excelentes e que são incapazes de olhar imparcialmente para o trabalho dos outros para descobrir que são só...normais!
E as aulas assistidas tipo circo? Aquelas para as quais os protagonistas preparam actividades que nunca se dariam ao trabalho de fazer numa aula normal. É fraude, certo?

Pica-Mula disse...

Os professores gostam mesmo de arranjar sarna para se coçar!!! E que tal ficarmos quietinhos e não arranjarmos ideias para o ME se basear!!!! Depois começam a dizer: "Naquela escola faz-se isto e aquilo, na outra "y" e "z", vocês deveriam também fazê-lo - vamos fazer disto um despacho"...

Consequências: mais horas em reuniões, mais horas nas escolas...
Enfim... esta mania de de sermos protagonistas bacocos!!!