Aventuras e desventuras dos professores, formadores, contratados ou a recibos-verdes que leccionam na Escola Pública, Profissionais, Colégios, IEFP's, Casa Pia, TEIP's em cursos de UFCD's, EFA's, EFJ's, CNO's, AEC's PIEF's, ...

Aceitam-se contributos: eanossaescolinha@gmail.com



quarta-feira, 18 de julho de 2012

SERENANDO OS ÂNIMOS

SERÁ?
Ou esta é mais uma medida ilusória para serenar ânimos deste povinho cada vez mais exaltado.


Segundo o Correio da Manhã:


Ministério estuda a hipótese de colocação
Professores sem horário no combate ao abandono escolar 

"Estamos em crer que haverá espaço para todos eles e para mais", afirmou Nuno Crato em conferência de imprensa, salientando que o ministério quer que "todos os professores com horário zero contribuam para o sucesso escolar".

Nuno Crato afirmou esperar que as medidas sejam apoiadas por "toda a comunidade educativa", afirmando que esta "melhor afectação de recursos" não surge em reacção a um número elevado de professores sem horário, sobre o qual recusou "especular".

O ministro afirmou que docentes de Educação Visual e Tecnológica podem leccionar disciplinas dessa área no 3.º ciclo, os das Tecnologias da Informação e Comunicação podem fazer manutenção do Plano Tecnológico da Educação e docentes de vários grupos podem ser colocados em "actividades de expressão artística".

Nuno Crato anunciou também a criação de um sistema de módulos para as disciplinas do Básico e Secundário para alunos com mais de 16 anos e afirmou que as escolas devem também oferecer "percursos curriculares alternativos" adaptados aos perfis e capacidades de cada aluno.
As turmas do ensino profissional também poderão ser desdobradas na formação específica e técnica, de acordo com os recursos de cada escola".

Toda a notícia aqui.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

ESTOU FARTO


Mais do que um simples post, esta mensagem é um desabafo.

Estou farto desta classe miserável que se afunda impávida e serena.
Estamos à espera do que para fazer qualquer coisa?

As pessoas ainda não perceberam a enorme tragédia que se avizinha? Observo ainda colegas que ainda afirmam que não interpretam "bem assim" o que está escrito nos vários despachos/decretos. Outros afirmam que o MEC vai ter de mudar de atitude. Outros acreditam que os amigos diretores ainda lhes arranjam uma colocação.

Estou farto desta gentinha que mais do que ser otimista é pequenina.

Sempre afirmei que, alem de outros, um dos maiores problemas desta classe é a enorme falta de inteligência de uma grande parte dos professores.

Estou farto dos que ingressaram na carreira porque não têm capacidade de fazer mais nada; dos que tiraram o curso em universidades tipo "farinha amparo", mas que nem a porra de um ata sabem fazer; dos que se queixam por tudo e por nada; dos que se metem na casa de banho para não ir dar as aulas de substituição; dos que no Natal já afirmam que estão "de rastos".

Hoje numa reunião assisti a verdadeiros dramas: Por um lado, vários professores contratados, desesperados, a chorarem por, só hoje,  terem percebido que para o próximo ano letivo não têm colocação. Por outro, professores do quadro (com horário) a queixarem-se que para o ano vão ter de leccionar cursos CEF, PIEFs ou PCAs (para além de terem de ser DTs).

Tanta falta de sensibilidade, tanta falta de bom senso, tanta gente estúpida.
E assim continuaremos, impávidos e serenos.

Estás a ZOMBAR comigo, pá?

1. Atente à imagem que se segue:


1.1. Escolha a opção mais correcta:

i) Professor Contratado Desprevenido, à espera que lhe renovassem automaticamente o contrato;

ii) Professor do Quadro que se julgava intocável, antes do TSUNAMI;

iii) Líder Sindical que julgava que com umas grevinhas e manifes o ME ir-se-ia "borrar" de medo;

iv) CD's que vão dar aulas para o próximo ano lectivo e que têm que dar as "boas novas" aos colegas do TSUNAMI que aí vem!

v) Zombie ex-contratado, na fila da Segurança Social à espera de vaga no Cemitério do Ensino;

vi) Zombie aluno universitário a tirar cursos de  via ensino;

vii) Zombie do Quadro depois de dar aulas a 30 Gremlins e com 12 turmas...

viii) Todas as opções...

ix) Outros... (aceitam-se sugestões...)



domingo, 15 de julho de 2012

Radiohead, enquanto se espera o TSUNAMI!


Os Maias estavam errados - o mundo não acaba nos finais do mês de Dezembro de 2012... mas a 1 de Setembro... O TSUNAMI DOCENTE VAI CHEGAR! E o que fizeram para o prevenir? NADA!

Resta beber uns RED BULL's ao som psicadélico dos Radiohead, tentar esquecer o inevitável  e ficar zombie, zombie, zombie, Zombie! 

As primeiras vagas... do Tsunami e o estoicismo docente...

Já começaram a chegar as primeiras vagas do Tsunami pré-anunciado do desemprego dos contratados e dos horários zeros:

i) Como sempre os professores ficaram sob o efeito zombie, tendo a conciência da gravidade da situação a meados do mês de Julho: "Não tinha ideia que a situação era tão grave e agora?"

ii) Os Mários Nogueiristas e Lda. limitaram-se a fazer greves incólumes e providências cautelares - dever-se-ia, sim, ter-se realizado uma greve generalizada às avaliações do 3º período, ainda com os 18 mil professores contratados a leccionar e com a revolta dos professores das Áreas de Expressões, para obrigar o ME a negociar...

iii) E agora? agarrem-se a qualquer bóia, tentem passar por cima da vaga ou por baixo da espuma... o que interessa é safar-se, mas agora estão cada vez mais SOZINHOS! WAKE UP!

Não é preciso ser Nostradamus, para adivinhar que os professores ao chegarem à pausa lectiva de Natal, do ano lectivo 2012/2013, vão estar ARRASADOS  (mais turmas, mais alunos por turma, mais testes para corrigirem e bancos de horas). Mas lamentavelmente tenho que dizer: "É bem feito!"

A TODOS UM GRANDE SPLASH !

segunda-feira, 2 de julho de 2012

ADD A MONTANHA QUE PARIU UM RATO PARA OS PROFESSORES CONTRATADOS, FUTUROS DESEMPREGADOS

Esta ADD para os contratados é interessante:
Regular=negativa
Bom= suficiente
Muito Bom= Bom ( nunca será Excelente nos próximos 50 anos, ninguém entrará mais nos quadros, reformar-se-ão com 1.100 euros e o custo de vida será de 2.500 euros mensais, em 2062)

O Excelente para os do Quadro (cujas carreiras estão congeladas) 

Por isso, resta:






Depois o contratado para o ano não tem colocação devido:

Ao aumento de alunos por turma;
Ao aumento da carga horária docente;
À eliminação de um conjunto de disciplinas e apoios...

Resta:


quarta-feira, 20 de junho de 2012

A ESCOLA PÚBLICA E OS SEUS ATORES

DE PROFESSOR PARA PROFESSOR



OS PROFESSORES E OS EXECUTIVOS



OS PROFESSORES CONTRATADOS



OS PROFESSORES DO QUADRO



REUNIÃO DE GRUPO DE RECRUTAMENTO...
(QUEM É QUE POSSIVELMENTE NÃO VAI TER HORÁRIO PARA O PRÓXIMO ANO LETIVO)




OS DT DEPOIS DO CT DECIDIR PASSAR ALUNOS QUE NADA FIZERAM AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO



OS ALUNOS QUE NADA FIZERAM AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO

domingo, 10 de junho de 2012

Juiz diz que processo BPN atrasa porque o seu computador está “obsoleto”

06.06.2012 - 18:50 Por Lusa




O juiz do processo principal do caso BPN, Luis Ribeiro, solicitou à Direcção-Geral de Administração da Justiça (DGAJ) um computador que substitua o seu actual portátil, que está “obsoleto”, o que segundo o próprio provoca atrasos no processo.
Face à antiguidade do computador, à capacidade da memória RAM e do disco rígido, o mesmo bloqueia inúmeras vezes, obrigando a reiniciar o computador frequentemente, a reabrir várias pastas e subpastas, e as referidas bases de dados, o que tem por consequência uma perda inútil de tempo e provoca grandes incómodos no decurso normal das várias sessões de julgamento”, queixou-se o juiz no despacho produzido no final da sessão de terça-feira e ao qual a Lusa teve acesso.

O juiz explica ainda que no julgamento a que preside tem sido utilizado o computador portátil atribuído pela DGAJ para projectar inúmeros documentos digitalizados do processo, entre os quais, o designado “disco externo 33”, que contém milhões de documentos que constavam nos mais de 30 computadores apreendidos nas buscas feitas aos arguidos pelas autoridades.

É também através deste computador que é visionado nas sessões do julgamento o “cd 13”, que contém a base de dados das operações bancárias do BPN, IFI, BPN Cayman e Banco Insular. No total, toda a documentação digitalizada, bem como as bases de dados, contêm mais de 300 gigabytes, que foram integralmente transferidos para o computador do juiz.

“O computador em referência não tem a mínima capacidade para ser utilizado cabalmente na apresentação da documentação e das bases de dados”, mas esta é “a única forma viável de apresentar a mesma documentação em sede de julgamento face à sua extensão e volume”, reforçou Luís Ribeiro.

“Assim sendo, considerando que não temos um computador minimamente capacitado para os fins elencados, (...), oficie-se à DGAJ, solicitando-se a entrega ao juiz presidente deste processo um computador que tenha a capacidade suficiente (isto é, capacidade de instalação de Windows 7 e pacotes Office 2010), de forma a que este Tribunal Colectivo possa exercer cabalmente e de uma forma dignificante as suas funções, desiderato que de forma alguma é possível alcançar, antes pelo contrário, com o computador obsoleto de que actualmente dispomos”, concluiu o juiz.

Foi dado conhecimento do despacho à Secretária das Varas Criminais de Lisboa e ao Conselho Superior da Magistratura.

Esta não é a primeira vez que Luis Ribeiro reclama da falta de condições para julgar um processo desta dimensão, já que, em Fevereiro de 2011, o juiz pediu à DGAJ a disponibilização de mais armários para guardar os 70 volumes e mais de 600 apensos do processo (em papel), bem como um funcionário judicial para dar apoio no acesso aos documentos.

O juiz pretendia, já na altura, evitar os atrasos provocados nas sessões de julgamento que ocorrem sempre que há a necessidade de se consultar um documento durante as audiências, obrigando à deslocação de um oficial de justiça desde o terceiro andar (do edifício das varas criminais onde é julgado o caso, no Campus da Justiça, Parque das Nações) até à cave.

Porém, ambos os pedidos feitos no início do ano passado foram negados. Agora, 80 sessões depois do início do julgamento, Luís Ribeiro reclama por um computador com maior capacidade para poder julgar o processo.

Refira-se que, desde terça-feira, está a ser ouvido o ex-director de operações do BPN, António José Duarte, testemunha de acusação arrolada pelo Ministério Público.

O antigo presidente do BPN, Oliveira Costa, está a ser julgado por burla qualificada, branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e aquisição ilícita de acções. Outras 14 pessoas ligadas ao universo SLN, como Luís Caprichoso, Ricardo Oliveira e José Vaz Mascarenhas, e a empresa Labicer, estão também acusadas por crimes económicos graves.



Se o mesmo acontecesse nas nossas escolas, os alunos não passavam do 1º ano, do ensino básico, pois não há computadores, impressoras, tinteiros, etc.

E o que fazem os stôres? Compram os seus próprios portáteis com os seus salários miseráveis e pagam-nos em 30 anos...

Não me diga, Sr.Meretíssimo Juiz, que com o seu ordenado de 4.000 euros não consegue comprar um portátil, mesmo a prestações? 

Se fosse um reles professor tinha logo um processo disciplinar, por não lançar as avaliações do 3º período atempadamente...


AH, PÁ, SÓCE, VAI MAS É TRABALHAR E DEIXA-TE DE DESCULPAS DA TRETA!

LABOR OMNIA VENCIT, já dizia o Virgílio... 

terça-feira, 5 de junho de 2012

AH, PÁ, SÓCE?

Há uns dias fiquei chocado com o DR. JOGADOR DA BOLA, SR. RONALDO a tratar o SR. CAVACO por...

"VOCÊ"

TANTO DINHEIRO E NÃO LHE DÃO AS MÍNIMAS REGRAS DE ETIQUETA PROTOCOLAR?

SE FOSSE O SR. FERNANDO GOMES, FICAVA NO MÍNIMO ENCAVACADO!

Ronaldo garante a Cavaco equipa concentradíssima

sábado, 2 de junho de 2012

LÁ PAGASTE O QUE DEVIAS... NÃO FIZESTE MAIS DO QUE A TUA OBRIGAÇÃO! E FOSTE MESMO OBRIGADO!

MAIS TRÊS TIROS NO PORTA-AVIÕES!

FAZ-ME LEMBGAGUE UMA FGASE HISTÓGUICA:

POG ESTE ANDAGUE, O BAGCO AINDA VAI AO FUNDO!


(Private Joke)

ALGUNS ESCLARECIMENTOS DO MEC...




Membro da FENPROF •  Contactos: T             239 851 660       • F - 239 851 666 • M sprc@sprc.pt • www.sprc.pt 


FENPROF obtém esclarecimentos
sobre relatório de auto avaliação

Perante atitudes contraditórias das escolas relativamente à entrega do relatório de auto-avaliação dos docentes dos quadros ("de carreira",  na terminologia do MEC) a FENPROF solicitou e obteve do MEC os seguintes  esclarecimentos:
- Este ano, os docentes dos quadros não entregam relatório de  auto-avaliação. Estes docentes, recorde-se, só serão avaliados no ano anterior à progressão. Portanto, este ano nunca seriam avaliados. Esclarece-se agora que  também não necesitam de entregar o relatório.

- Para os docentes contratados, dada a obrigatoriedade da avaliação anual, aguardam-se esclarecimentos do MEC sobre a formação contínua. Não tendo havido oferta gratuita necessária e considerando que os docentes  contratados, por norma, são preteridos relativamente aos dos quadros na selecção consideramos que não podem ser prejudicados na sua avaliação. A FENPROF enviou já ao MEC em 9 de Maio um ofício solicitando o necessário esclarecimento às escolas sobre esta matéria.

• Para aceder à nota informativa da DGAE seguir esta ligação 

http://www.dgae.min-edu.pt/c/document_library/get_file?p_l_id=1264420&folderId=36472&name=DLFE-72701.pdf 

EVT - MANIF CANTADA

quinta-feira, 31 de maio de 2012


Conheça as novas regras do Estatuto do Aluno

Por Kátia Catulo, ionline, publicado em 31 Maio 2012 - 18:45
Trabalho comunitário para alunos faltosos, indemnizações exigidas no caso de danos no património ou ofensas a pessoas são algumas das novas regras do novo código que passa a intitular-se Estatuto do Aluno e Ética Escolar

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Foi você que pediu uma permuta?

Se quiserem fazer em Setembro as permutas entre professores (sem subsídio de deslocação ou de ajudas de custo para arranjar uma residência ou um quartinho), eis o novo sítio (clique na imagem):


Não se esqueça de consultar o despacho que regulamenta as ditas permutas entre professores - Portaria n.º 622-A/92 de 30 de Junho, caso o queira fazer...

BALÃO VAZIO


Há sempre a conversa que os sindicatos não fazem nada, mas o que se constata é que a função de Delegado Sindical em muitas das nossas escolas é assumida pelos professores contratados, deste modo:

i)                    Não têm força sindical para enfrentar os CD’s das suas escolas (por exemplo em relação a todo processo da ADD), pois estes últimos, em situação limite, podem sempre não lhes renovar o contrato, caso haja vaga, claro;

ii)                   Por sua vez,  os professores do quadro perdem sempre a sua força, limitando-se a barafustar nos corredores da escola em surdina ou às apalpadelas. Esquecem-se de assumir  na escola esse papel.  E toda a sua reivindicação esfuma-se no esvaziar de um balão que nunca se chegou a encher…

Daí a pertinência de haver um Delegado Sindical que pertença ao quadro. Tenho dito.




sábado, 12 de maio de 2012

domingo, 6 de maio de 2012

Confesso que gosto muito deste programa do Anthony Bourdain, No Reservations, o cozinheiro pop-rock viajante da cozinha mundial!

Porém os portugueses são sempre vistos como uns tristonhos:
  •  Fado;
  • A Guerra Colonial (António Lobo Antunes);
  • O 25 de Abril e o tio Salazar;
  • As Crises (só falta as de asma)... Que enfadonho...
Mesmo o Diogo Quintela, o fedorento comediante, só fala do diabo da Troika!

E basicamente não passamos de uns tristes,os eternos coitatinhos do cantinho da Europa...

Esta é a imagem negra que continuamos a enviar para o exterior... 

BASTA! HAJA BOA ENERGIA, DE VEZ EM QUANDO! MÁ ENERGIA SÓ TRAZ MAIS DO MESMO... TRISTEZA!

O que vale são os nossos bons cozinheiros e a nossa comidinha e neste caso  que o Tony petisca e adora: os pregos e as bifanas... e que é mesmo BOA!

terça-feira, 1 de maio de 2012

INQUÉRITO NO e@escolinha

ESTAMOS A FAZER UM INQUÉRITO NO e@escolinha, ESCOLHA A OPÇÃO MAIS LOUCA:

É A UNIÃO SOVIÉTICA, 1985?

É O VITOR HUGO, LES MISÉRABLES?

É LONDRES A SAQUE?

É L.A. A SAQUE?

É  INVASÃO DE BAGDADE, EM DIRECTO NA CNN?

É TUDO AO MOLHO E FÉ EM DEUS?

É A CRISE E A PRIMA TROIKA?

É O PINGO... NO NARIZ?

É O TUGA NO SEU PIOR?

É O SUPER-HOMEM?

É A PU#*;) DA LOUCURA!

É  PORTUGAL, APÓS UM ATAQUE NUCLEAR?

É MAIS UM CRASH NAS BOLSAS MUNDIAIS?

É O JERÓNIMO MARTINS A PROVOCAR OS SINDICATOS?


segunda-feira, 30 de abril de 2012

UMA PONTE É UMA PASSAGEM... PARA OS FERIADOS...

Interessante a polémica discussão que se arrasta sobre os feriados que vão acabar... questões históricó-religiosas todas elas importantes na nossa cultura lusitana. Até, imagine-se, propõe-se um referendo, gastando ainda mais dinheiro dos contribuintes... e... afinal... amanhã é feriado e hoje houve centenas de pontes em muitos concelhos do nosso pais! Que palhaçada!



 E que tal :

i) Gozar os feriados há segunda ou à sexta, mesmo que calhassem às quartas-feiras - todos ficariam felizes, pois haveria fins-de-semanas prolongados e poder-se-iam desfrutar uma mini-férias apetitosas!
ii) Promover-se-ia o Turismo Nacional e toda a economia inerente, através do convite ao consumo, com o jingle: "Saia cá dentro no seu feriadinho, gozado encostadinho ao fim-de-semana!"
ii) Manter-se-iam, assim, TODOS os feriados!
iii)  Não se descobriu a pólvora - apenas um pouco de bom senso!
iv) Como disse, o nosso antigo  primeiro ministro, no século passado, agora presidente na decadência:
"Deixem-nos trabalhar!"; eu diria mais: "Deixem-nos ganhar a vida, para pagar as dívidas e usufruir um pouco!"

quarta-feira, 25 de abril de 2012



UM PEQUENO TRIBUTO AO SALGUEIRO MAIA, O ESTRATEGA DA REVOLUÇÃO, E QUE FOI O ÚNICO QUE NÃO SE AGARROU AO PODERZINHO, TÃO SABOROSO, QUE LEVOU MAIS UMA VEZ "AO ESTADO EM QUE CHEGÁMOS". UM BRINDE À SUA MEMÓRIA!

terça-feira, 24 de abril de 2012

Maria do Carmo Vieira, para Ministra de Educação ou, no mínimo, para substituir o Mário Nogueira


A minha Guru do inconformismo docente... Que grande manifesto!


NÃO NOS ATIREM AREIA PARA OS OLHOS!

Uma grande voz para entrar em ZEN!

Coragem na Escola

Grande reportagem da TVI

Talvez se calem aqueles que dizem que os professores têm férias a mais e não fazem nada...

Se não fossem as pausas lectivas e a componente individual dos docentes que cada vez está mais reduzida ou praticamente inexistente - principalmente no ensino cooperativo e privado - tudo seria ainda mais difícil...

domingo, 22 de abril de 2012

sábado, 21 de abril de 2012

PLENÁRIO DOS PROFESSORES/EDUCADORES CONTRATADOS - SPGL



Hoje é@nossaescolinha esteve no PLENÁRIO DOS PROFESSORES/EDUCADORES CONTRATADOS - SPGL, realizado a 21/04/12, na sede em Lisboa. Eis a súmula da reunião:

i) Concursos de Contratados:


  •  2ª fase - Finais de de Julho de 2012 - é preciso ter atenção à forma como se concorre - não concorrer apenas a horários completos);
  • Espera-se um decréscimo no número de contratações, devido: DCE's (Destacamentos e Condições Específicas), DACL's (Docentes com Ausência de Componente Lectiva) e DAR's (Destacamentos com aproximação à residência)- deste modo as renovações nas escolas estão certamente em risco;
  • As avaliações da ADD do ano lectivo anterior só vão contar para as renovações;
  • Para o ano que vem, se tudo continuar na mesma, as avaliações serão realizadas somente aos professores que atinjam os 180 dias de serviço - quem não atinja este valor será penalizado nos concursos de professores do ano seguinte; 
  • Prevê-se o final das escolas TEIP - pois o financiamento do POPH acabará no final de 2012 - resta saber se estas escolas se transformam em escolas com autonomia;
  • As Cíclicas (reservas de recrutamento) serão realizadas até ao mês de Dezembro de 2012;
  • Oferta de Escola: 50% contará a graduação, o resto irá para a análise curricular e entrevista - só os 5 primeiros professores graduados serão chamados para entrevista. serão afixadas listas para quem se sinta lesado, possa reclamar.
  • Pagamento da Caducidade dos Contratos - os professores poderão reclamar a caducidade dos    contratos  do ano lectivo anterior e do vigente, num prazo de um ano, até ao dia 12 de Abril de 2013 (data da última sentença favorável aos docentes que reclamaram - esta data pode ser protelada, caso haja mais sentenças favoráveis aos docentes) - os docentes devem reclamar: houve 9 vitórias em tribunal e 2 derrotas (no Tribunal de Leiria, com a mesma juíza);
  • O SPGL não se sabe (nem tem estudos) do impacto de abertura do ensino obrigatório até ao 12º ano, na constituição de novas turmas - este próximo ano lectivo começa-se com o 10º ano obrigatório;
  • (Não esquecer de entregar as Declarações de Oposição ao Concurso, nas respectivas escolas).

ii) Provas de Ingresso para a Carreira de Docente - Quem as fará? Com que tempo de serviço? Ninguém sabe... Apenas se sabe de algumas intenções: só ingressará na carreira quem tiver 14 valores na Prova e um Bom na avaliação, até 23 de Junho de 2010 (assim muitos docentes ficarão de fora) e as avaliações do ensino privado possivelmente não contarão...


iii) Revisão curricular - Grupos afectados: EVT/Educação Tecnológica/Música; Português e Matemática na eliminação do estudo acompanhado (mas para mim é um pouco ilógico, pois foi dado mais um tempo letivo para ambas disciplnas e fica ela por ela...); Físico-Química que perde os desdobramentos.

iv) ADD: 

  • avaliação é obrigatória para todos os docentes, mesmo os efectivos;
  • A Avaliação de foi simplificada - relatório de 3 páginas e nada mais - os pedagógicos não podem criar mais papelada paralela; caso haja, deve ser contestada;
  • Os prazos das reclamações devem iniciar-se à data da tomada de conhecimento, por parte do professor.
vi) Prestações sociais:

  • Majoração de 10% no subsídio de Desemprego para os casais que estejam desempregados;
  • Só tem acesso ao subsídio de desemprego quem descontou mais de 360 dias - anteriormente 450 dias;
  • Ao fim de 6 meses de subsídio, este reduzir-se-à para 10% do seu valor inicial;
  • Aconselha-se a verificar os descontos na Segurança Social.
vii) Aprovação de uma Moção apresentada por um digníssimo sócio: 
  • "um Plano de Acção coerente (...) que culmine com a greve às avaliações finais deste ano letivo". Assim bastariam fazer dois professores greve, por conselho de turma, e as reuniões seriam adiadas - o mal desta medida é que poderemos perder as nossas férias em Agosto/divisão de professores - mas esta seria a última opção, caso o governo recusasse continuar a negociar...
  • Resta saber se esta  moção é aprovada pela Direcção Central do SPGL e posteriormente pela FENPROF - o que  sinceramente duvido... Porém fizemos o nosso papel ...
  • Este Plano de acção, caso culminasse na greve às avaliações, deveria elucidar bem as consequências da mesma (greve) -  os associados deveriam ser bem apoiados e bem elucidados pelo gabinete jurídico dos sindicatos, senão certamente iria reinar o pânico entre os professores. Estes teriam que se sentir minimamente seguros e escudados pelos sindicatos - é para isso que servem!

 A SALA ESTAVA "REPLETA" DE PROFESSORES CONTRATADOS - 20 PROFESSORES