Aventuras e desventuras dos professores, formadores, contratados ou a recibos-verdes que leccionam na Escola Pública, Profissionais, Colégios, IEFP's, Casa Pia, TEIP's em cursos de UFCD's, EFA's, EFJ's, CNO's, AEC's PIEF's, ...

Aceitam-se contributos: eanossaescolinha@gmail.com



segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

XIII Tipos de Perfis de Professores( o IX não conta)


Fig1. Professor-Palhaço em Visita de Estudo

Ao ler o último post minha colega, taliban da educação, fez-me reflectir ad profundis (o latim é sempre algo de bonito e quem não pesca nada de linguas mortas, diz para consigo"Aquele Pica-Mula é deveras culto e tal...") sobre as diferentes funções/hábitos/máscaras (no sentido teatral) da digníssima profissão de docente... Então, cá vamos:

i) O Professor-Freud- psicanalista, ouve em confessionário (se for DT e não só...) alunos, colegas, encarregados de educação sobre as contingências da vida de todos os envolvidos no famoso processo, seja isso o que for, de ensino-aprendizagem e no fim prescreve a sua receita para o sucesso escolar;

ii) O Professor-Freira - cheio de ética, transpira Platão e Cristo, pelo poros: a escola é sagrada, as aulas são um templo, o CD - um santo e os colegas os seus cruzados. Nunca faz greve, entrega sempre tudo dentro dos prazos e nunca diz palavrões;

iii) O Professor-Muita-Fixe (variante Professor-Palhaço) - nunca prepara as aulas, nunca lecciona aulas, nunca tem problemas na aula e todos os alunos têm aproveitamento e é um verdadeiro entretainer (um anglicismo fica sempre bem);

iv) O Professor-Folgado - distraído ou incompetente por natureza: perde os papéis e para o CD (isto, se este for benevolente) não lhe levantar um processo disciplinar, não lhe atribui qualquer tipo de cargo: não é DT, Coordenador, está sempre de baixa, etc (vagueia no pátio da escola, para fumar às escondidas);

v) O Professor-Verdinho - novo na profissão, contratado por natureza, tudo lhe parece novo: colegas, auxilares e discentes - deslumbra-se com um simples arroto de um aluno mal comportado, do 6º ano;

vi) O Professor-Muita-Ocupado - Coordenador, assessor das mijas, sempre com muitas fichas e testes para corrigir e mesmo que não tenha nada para fazer, diz sempre:"Estou cheio de trabalho, não me perturbem!", puxando, ao mesmo tempo, tragicamente, os cabelos! Ah, além disso, organiza todos os eventos escolares (variante Professor-Organizador-de-Eventos);
vii) O Pofessor-Tótó - mal vestido, com os pêlos do nariz a sairem da narinas que mais parecem brócolos, cheio de tiques, gozado por todos, com saídas inconvenientes para com as colegas do sexo feminino. Todos os alunos copiam nos testes;

viii) A Prof-Muita-Sexy - sente-se lambida visualmente pelo Professor-Tótó, Mata-Hari da sala dos professores, todos os rapazes vão às suas aulas, veste Prada da Chinatown e tem de Avaliação de Desempenho Docente - Muito Bom (todos os professores querem estar presentes nas suas aulas assistidas);

ix) O Electricista-a-fazer-se-de-professor-gestor-e-de-DR. (Private Joke - vocês sabem que eu sei de quem se trata, obviamente aqueles que sabem);

x) O Professor-Sabático: cheio de teses, cientifico-pedagógicas avançadas, cheio de mesuras e poses e sentenças. Narcísico, por natureza, utiliza uns palavrões das Neo-Pedagogias-da-Treta ou mostra o seu saber científico aos seus pares, de forma transbordante, numa falta de humildade, quase provocadora!;

xi) O Professor-Suissinho - dá-se bem com todos (nunca fala mal nas costas), incolor, inodor, quase beato de Fátima... No fundo... um Mete-Nojo (no sentido de tristeza, no fim de contas é um triste solitário). Não se compromete com ninguém, mas quando precisar, ninguém o apoia - mais preocupado em salvar o seu umbiguinho;

xii) O Professor-Segurança-Social, tem normalmente a função de DT, todas as ovelhas do seu rebanho são incólumes e os professores que chumbam são os maus-da-fita!;

xiii) O professor-Mau-da-Fita (mas só afingir), chumba no primeiro período, a torto e a direito; prepara as aulas, os alunos detestam-no, mas no fundo ele tem que secumbir à pedagogia de sucesso do ME e passa-os a todos no último período;

xiv) O Professor-Normal: lecciona as suas aulas normalmente, trabalha de forma regular, cumpre normalmente o seu dever, tem outros gostos para além da escola, gosta de estar em família, respeita, respeita-se e é respeitado;


Sinceramente, acho que todos nós, aqueles que são licenciados/profissionalizados, temos cá dentro, da nossa pele de professor, quase todos estes perfis que emergem pontualmente de forma descompensada. Estes surgem à tona do nosso Ego, periodicamente, ao longo de cada ano lectivo - o Professor-Normal é apenas um arquétipo utópico(lá, estou eu, com as minhas manias de Professor-Sabático!!!).

5 comentários:

OlhóTaxo disse...

Muito bom!

Ricardo Montes disse...

Muito bom, mesmo. Vou importar para o meu blogue.

Hortelã-pimenta disse...

Muito bom! Fico a aguardar mais textos com este nível. Parabéns!

Cláudia Lago disse...

:-) :-)

Obrigada por me ter conseguido fazer rir ;-) ;-)

Ana disse...

Muito engraçado ! Anedotas sobre professores ? Não há ? Neste palco, encarnamos todos os papéis, somos tudo desde sábios a idiotas; simplórios a presumidos...Enfim ! Mas gostei !