Aventuras e desventuras dos professores, formadores, contratados ou a recibos-verdes que leccionam na Escola Pública, Profissionais, Colégios, IEFP's, Casa Pia, TEIP's em cursos de UFCD's, EFA's, EFJ's, CNO's, AEC's PIEF's, ...

Aceitam-se contributos: eanossaescolinha@gmail.com



quinta-feira, 7 de julho de 2011

RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO

A pedido de milhares de colegas que não encontram as respostas que necessitam e não querem gastar dinheiro no livro colocado no anterior post, aqui deixamos um livro da nossa autoria.

Uma vez termos assistido ao sofrimento de vários colegas, os mesmos que não sabem como elaborar actas, relatório de departamento ou relatórios de visitas de estudo pensámos ser esta a melhor oportunidade para lançar este livro.

  • Colega, o stress vai acabar porque o livro vai ajudar

  • Colega, não deixe para amanhã o relatório que iria elaborar depois de todos os outros (em modo copy-paste).

  • Colega, a privada (universidade) não te instruiu mas aqui os colegas não são do piorio.



Nota:
Todos os que desejarem receber esta excelente obra, basta enviarem um email a solicitar o envio do mesmo.

5 comentários:

OlhóTaxo disse...

Acho que o último slogan devia ser: A universidade (privada) não te instruiu mas aqui o pessoal não é do poiriu. Rima melhor e, assim como assim, já vi muita gente que nem daria pelo pequeno problema ortográfico...

OlhóTaxo disse...

"pioriu", assim é que é.

HzoLio disse...

Versão 2007?!

É pá, isso está muito desactualizado!!!... XD

OlhóTaxo disse...

Pois é, camarada Macambúzio, a versão devia ser actualizada para 2011. 2012 tb não vale a pena porque o modelo vai mudar (por isso é que comprar um livro destes nesta altura do campeonato não é propriamente um investimento mt inteligente...)

Prof.º Macambúzio disse...

O porquê de ser de 2007?

A 1ª versão foi lançada em 2007, quando ainda não se pensava oficialmente na auto-avaliação mas depois de se verificar que muitos colegas com a excitação de agradar os seus coordenadores/directores já a implementavam de forma escrita ou oral (esta última foi e é muito utilizada - upa upa).

Estamos em sintonia com o ME para lançar já para o próximo ano lectivo o novo guia. Este vai ter desenhos e diagramas para facilitar a sua interpretação.

Estamos ainda a preparar sessões de formação, reconhecidas pelo ME, com a demonstração de evidências. As aulas vão ser teóricas mas sobretudo práticas (ah pois é...).