Aventuras e desventuras dos professores, formadores, contratados ou a recibos-verdes que leccionam na Escola Pública, Profissionais, Colégios, IEFP's, Casa Pia, TEIP's em cursos de UFCD's, EFA's, EFJ's, CNO's, AEC's PIEF's, ...

Aceitam-se contributos: eanossaescolinha@gmail.com



terça-feira, 3 de maio de 2011

UM INTERVALO DE UM JOGO DE FUTEBOL

Um intervalo de um jogo de futebol foi tudo o que o Sócrates precisou para transformar o FMI de papão que a todo o custo se devia evitar num grande sucesso da sua acção governativa.

O ilusionismo é de facto uma arte...

kjkj

2 comentários:

Prof.º Macambúzio disse...

Mentiras, farsa e mais mentiras.

Porra, que oposição de merda nós temos em Portugal que não têm força para alterar o estado so país.

Ainda esta semana, Sócrates afirmou da forma mais convicta do mundo que os portugueses iam ter saudades do PEC IV e que a culpa do que aí vinha era da oposição.

Hoje vem dizer que as medidas implementadas são essencialmente as que estavam no PEC IV, com poucas alterações, passando a ideia que ele é que é o salvador, o iluminado, o génio.

Mas será que anda tudo a dormir, ou será que o que apenas interessa é o futebol.

OlhóTaxo disse...

Começo a achar que foi tudo uma grande jogada. Se o FMI vier, então é que vão ver o povo todo a mendigar nas ruas. Depois o FMI vem e agora está tudo lixado, encham a despensa antes do FMI ditar as suas condições senão passarão fome. Agora anunciam-se as medidas e, olha, não foi tão mau como esperávamos...o Sócas é o maior a negociar. Viva o Sócas!!!Vota no Sócas!!!Em resumo: tamos lixados!